Peças deixadas no caminho

domingo, 3 de março de 2013

Eu admito que tenho uma enorme dificuldade em terminar as coisas que começo. As desculpas são as mais variadas. Vai da popular falta de grana a tão popular quanto, falta de tempo.

Raramente eu termino uma coisa que começo. Me apaixono pelo novo na velocidade da luz e na mesma velocidade eu perco o interesse. Minha vida é o que posso chamar de depósito do inacabado.

Recentemente eu venho pensando em desistir do curso de Inglês. Só não desisti ainda porque não rola devolução da grana e mesmo não cursando, é preciso honrar todo contrato.

O fato é que desta vez não foi por falta de interesse ou de grana, é que a rotina está muito cansativa. Acordo todos os dias às 05:30, saio de casa por volta das 06:20, chego no trabalho às 07h e fico por lá até às 13h. Corro para almoçar e me deslocar até o outro trabalho, no qual começo às 14 e fico até às 20h. Saio correndo, com fome, já que apenas uma hora para almoçar, pegar ônibus e chegar no outro trabalho é muito pouco e descabelada para pegar o primeiro ônibus que passa, geralmente lotado, para conseguir chegar a tempo na aula de Inglês, que começa exatamente às 20:30 e termina às 22h.

Isso faz com que eu não tenha tempo nem para as coisas básicas, tipo ir ao banco, pegar fila na lotérica, ir ao mercado, arrumar a casa e etc.
Não ter tempo para ir ao mercado ou cozinhar faz com eu peça comida (geralmente pizza). Pedir comida me faz gastar bem mais do que eu gastaria cozinhando em casa, e, no fim das contas, a economia que tanto preciso fazer não está acontecendo.

Não sei como as coisas serão daqui pra frente, mas está bem difícil, mesmo sabendo que é tudo temporário, por apenas três meses..mas esses três meses estão demorando a passar. =(






Design e código feitos por Julie Duarte. A cópia total ou parcial são proibidas, assim como retirar os créditos.
Gostou desse layout? Então visite o blog Julie de batom e escolha o seu!